domingo, 16 de setembro de 2007

Reflexo na sociedade

Reportagem do Jornal Valeparaibano demonstra uma pequena parcela do que o turismo carcerário reflete na sociedade.

Do Jormal Valeparaibano:




Terça-feira, 24 de Outubro de 2006


Violência Urbana

Menor grávida é executada em Tremembé

Vítima foi morta a tiros enquanto dormia em sua casa, no Jardim Santana; polícia acredita em vingança

Tremembé

Lilian Gomes Vaz de Oliveira, 17 anos, que estava grávida de 4 meses, foi morta a tiros enquanto dormia em sua casa na madrugada do último domingo, no bairro Jardim Santana, em Tremembé.A polícia suspeita que o crime tenha sido motivado por vingança porque Lilian morava com Jafter Everson de Freitas, 21 anos, que tem passagens por crimes de tráfico de drogas e furtos.Freitas era procurado pela Justiça e foi preso ao avisar a Polícia Militar sobre o assassinato de Lilian. Ele não estava em casa na hora do assassinato, por volta de 3h30.Segundo a polícia, Lilian estava dormindo no quarto da casa quando foi alvejada por pelo menos três tiros.
Vizinhos chegaram a escutar o barulho dos disparos, mas não conseguiram identificar o autor do crime.Quando chegou em casa, Freitas teria encontrado a porta da frente arrombada e Lilian caída no chão ainda com vida.Ela chegou a ser levada para o Pronto-Socorro do Hospital Regional do Vale do Paraíba, em Taubaté, e encaminhada para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.Em razão do estado ainda precoce de gravidez, também não foi possível salvar o feto. O corpo de Lilian foi encaminhado para necrópsia no IML (Instituto Médico Legal) de Taubaté e enterrado ainda no domingo.
DÍVIDA - A violência do caso deixou apreensivos moradores do bairro. Duas mulheres, que não quiseram se identificar, disseram que toda a vizinhança está comentando a morte de Lilian. "Foi só tiro", disse uma das mulheres.

Segundo moradores das proximidades da residência de Lilian, sua família seria de Taubaté. O valeparaibano não conseguiu contato ontem com os familiares da vítima.Freitas negou envolvimento na morte de Lilian e teria afirmado, em depoimento à polícia, que suspeitava de um acerto de contas de traficantes devido a uma dívida sua com drogas.Ele foi preso e levado para o CDP (Centro de Detenção Provisória) de Taubaté. A polícia de Tremembé ainda não tem pistas do autor do crime. Até a noite de ontem ninguém havia sido preso acusado do crime.

INSEGURANÇA - O presidente do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança) de Tremembé, Ricieri Moreira de Souza, disse que a comunidade local fica preocupada com a ocorrência de crimes violentos.

Segundo ele, a cidade não possui um efetivo policial suficiente, fato que é agravado pela proximidade de Tremembé com o complexo prisional da região."Tudo aqui preocupa a comunidade porque temos um turismo carcerário estimado em 15 mil pessoas por mês. Algumas dessas pessoas acabam se instalando aqui em Tremembé", disse.

Um comentário:

Laura Bourdiel disse...

Olá!

Estive aqui para dar uma olhadinha! Legal a idéia do blog para te ajudar como o TCC. Temos um longo caminho pela frente...

¡Besitos!